quarta-feira, 19 de julho de 2017

INTERVENÇÃO SERIA A SOLUÇÃO?


“Toda a capacidade dos nossos estadistas se esvai na intriga, na astúcia, na cabala, na vingança, na inveja, na condescendência com o abuso, na salvação das aparências, no desleixo do futuro.” RUY BARBOSA


À FAVOR DA INTERVENÇÃO MILITAR:

1. As Forças Armadas continuam a ser a instituição com maior credibilidade perante a população brasileira, com declaração de confiança de 60% dos brasileiros e para efeito de comparação, apenas 6% dos brasileiros confiam nos partidos políticos.

2. A intervenção é necessária para acabar com a corrupção no Brasil. 
O governo militar é a única ou melhor forma de restaurar a ordem no país e recolocá-lo no caminho do desenvolvimento.

3. A Constituição Federal diz, no artigo 142, que “as Forças Armadas […] são instituições nacionais permanentes e regulares […] e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”. A partir desse texto, intervencionistas defendem que os militares possuem respaldo constitucional para tomar o poder, a fim de garantir os poderes, a lei e a ordem;

4. O regime militar brasileiro de 1964 a 1985 foi um período positivo da história brasileira, já que  o país viveu uma época de crescimento econômico, baixa criminalidade e sem corrupção. 

5. Há uma ameaça comunista sobre o Brasil e outros países latino-americanos.


CONTRA A INTERVENÇÃO MILITAR:

1. O problema da corrupção existe dentro de qualquer governo, seja ele democrático ou autoritário. Por isso, é preferível que seja resolvido dentro da própria democracia.

2. O artigo 142 da Constituição não permite intervenção militar. Isso porque ele mesmo afirma que as Forças Armadas estão “sob a autoridade do presidente da República e seu comando”. Portanto, a intervenção seria inconstitucional sob qualquer ponto de vista, uma vez que configuraria insubordinação ao presidente.

3. O regime militar brasileiro foi uma ditadura e durante esse período, houve supressão de direitos políticos e da democracia. A economia experimentou crescimento, mas às custas de um grande endividamento externo e aumento da desigualdade social.

4. As evidências de uma articulação comunista no Brasil ou mesmo na América Latina não são conclusivas e se  manteve o respeito às regras democráticas de seus países.



Existe também uma terceira opinião, com a qual simpatizo, que  poderia haver  uma intervenção  e não golpe. O Congresso Nacional poderia ser fechado, ou os parlamentares atuais seriam afastados de seus cargos públicos, bem como novos moldes para inovar o Executivo, o Legislativo e, em especial, o Judiciário.

Diferente de 1964 à 1985 que visavam mais o risco do comunismo, os militares agiriam em favor do povo, que não aguenta mais tanta corrupção, impunidade e altíssimos salários de agentes públicos e políticos. 

O controle militar se daria por alguns meses, ou poucos anos, de forma que a situação voltasse ao controle, e o povo brasileiro tivesse sido atendido em suas exigências; com o Brasil voltando a crescer dentro da ética, da ordem e do progresso!

Afinal do jeito que estão os Poderes da República se torna impossível pactuar!


REAGE BRASIL!

domingo, 16 de julho de 2017

QUE A JUSTIÇA SEJA UM LEGADO E NÃO SÓ UMA ESPERANÇA!


Se hoje o Brasil é foco do maior caso de corrupção do mundo, não é só porque o congresso e o executivo são corruPTos, mas porque também tem bandidos disfarçados de juízes (Até no STF), dispostos a proteger esses criminosos!

Na verdade essa  esquerda gananciosa e dissimulada, já faliu os Governos em que apoderaram e, no Brasil, a esquerda também aparelhou nosso Governo e tomou Estados e Municípios, conseguindo quebrá-los... 
E ME DESMINTAM SE FOREM CAPAZES!


REAGE BRASIL!

quinta-feira, 13 de julho de 2017

SÉRGIO MORO ACABA DE ENTERRAR O PT...PARA SEMPRE!


"A condenação de Luiz Inácio da Silva no primeiro dos vários processos em que figura como réu evidencia o erro de cálculo contido em versões muito em voga, segundo as quais o maior e único beneficiário da derrocada de Michel Temer e companhia seria o PT. 

Trata-se de uma tese fadada ao desmonte frente à luz da realidade. Palocci está preso, Vaccari está preso, Lula pode ser preso, José Dirceu está em prisão domiciliar. Os petistas condenados no processo do mensalão perderam as cordas vocais. 

Quem são hoje José Genoíno, João Paulo Cunha, apenas para citar os mais destacados, não obstante estejam soltos? Vão reaglutinar quais forças, com que força? Fora eles, sobram os que articularam a patética ação das senadoras na votação da reforma trabalhista, um perfeito tiro no pé". Dora Kramer.

O Lula e o PT institucionalizaram a corrupção. 
Houve essa criação de núcleos, com divisão de tarefas entre os integrantes, em Estados, ministérios, fundos de pensão, bancos, BNDES, Etc.
O modelo do PT foi reproduzido por outros partidos.

Se hoje o Brasil é foco do maior caso de corrupção do mundo, não é só porque o congresso e o executivo são corruPTos, mas porque também tem bandidos disfarçados de juízes (Até no STF), dispostos a proteger esses criminosos!


REAGE BRASIL!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

NOTA DA FORÇA TAREFA DA LAVA JATO.


Nota da Força Tarefa da Lava Jato
Transcrição integral da República de Curitiba.

Dissolução do Grupo de Trabalho da Lava Jato na Polícia Federal prejudica as investigações



Os procuradores da República da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba vêm manifestar sua discordância em relação à dissolução do Grupo da Lava Jato no âmbito Polícia Federal:


1. A operação Lava Jato investiga corrupção bilionária praticada por centenas de pessoas, incluindo ocupantes atuais e pretéritos de altos postos do Governo Federal. Foram realizadas 844 buscas e apreensões em 41 fases que ensejaram a apreensão de um imenso volume de materiais – apenas na primeira fase, foram mais de 80 mil documentos. São rastreadas hoje mais de 21 milhões de transações que envolvem mais de R$ 1,3 trilhão. Já foram acusadas por crimes graves como corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa mais de 280 pessoas, e centenas de outras permanecem sob investigação. Embora já tenham sido recuperados, de modo inédito, mais de R$ 10 bilhões, há um potencial de recuperação de muitos outros bilhões, se os esforços de investigação prosseguirem.


2. A anunciada integração, na Polícia Federal, do Grupo de Trabalho da Lava Jato à Delegacia de Combate à Corrupção e Desvio de Verbas Públicas, após a redução do número de delegados a menos de metade, prejudica as investigações da Lava Jato e dificulta que prossigam com a eficiência com que se desenvolveram até recentemente.


3. O efetivo da Polícia Federal na Lava Jato, reduzido drasticamente no governo atual, não é adequado à demanda. Hoje, o número de inquéritos e investigações é restringido pela quantidade de investigadores disponível. Há uma grande lista de materiais pendentes de análise e os delegados de polícia do caso não têm tido condições de desenvolver novas linhas de investigação por serem absorvidos por demandas ordinárias do trabalho acumulado.


4. A redução e dissolução do Grupo de Trabalho da Polícia Federal não contribui para priorizar ainda mais as investigações ou facilitar o intercâmbio de informações. Pelo contrário, a distribuição das investigações para um número maior de delegados e a ausência de exclusividade na Lava Jato prejudicam a especialização do conhecimento e da atividade, o desenvolvimento de uma visão do todo, a descoberta de interconexões entre as centenas de investigados e os resultados.


5. A necessidade evidente de serviço, decorrente inclusive do acordo feito com a Odebrecht, determinou que a equipe do Ministério Público Federal na Lava Jato em Curitiba tenha aumentado, o que ocorreu em paralelo ao aumento das equipes da Lava Jato no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, no mesmo período em que a Polícia Federal reduziu a equipe e dissolveu o Grupo de Trabalho da Lava Jato em Curitiba.


6. A Polícia Federal, assim como a Receita Federal, são parceiras indispensáveis nos trabalhos da Lava Jato. Reconhece-se ainda a dedicação do superintendente da Polícia Federal no Paraná, Rosalvo Franco, e do Delegado de Polícia Federal Igor de Paula, às investigações. Contudo, a medida tornada pública hoje é um evidente retrocesso. Por isso, o Ministério Público Federal espera que a decisão possa ser revista, com a consequente reversão da diminuição de quadros e da dissolução do Grupo de Trabalho da Polícia Federal na Lava Jato, a fim de que possam prosseguir regularmente e com eficiência as investigações contra centenas de pessoas e de que os bilhões desviados possam continuar a ser recuperados.



Obs. - VAMOS EXIGIR A REVERSÃO DESSA DETERMINAÇÃO ABSURDA!



REAGE BRASIL!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

BRASILEIROS ANSIOSOS PELA CONDENAÇÃO DO "MENTOR"!


O Brasil aguarda ansiosamente a notícia da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo juiz federal Sérgio Moro da 13ª Vara Federal de Curitiba, no caso do tríplex no Guarujá e desvios de objetos pertencentes ao Governo Brasileiro, guardados em uma Transportadora. 

A grande maioria do povo brasileiro defende a Operação Lava Jato, mas já tem ficado um tanto desconfiada e preocupada com essa demora, já que ultimamente, só se tem falado de Temer, de Aécio entre outros, quando é sabido, que quem institucionalizou a corrupção na Petrobrás, BNDES, Caixa Econômica Federal, Fundos de pensão, etc. foi o Sr.Lula e sua quadrilha petista e depois reproduzidos por outros meliantes de partidos diversos.

Mas uma das coisas que chama atenção,  são os ataques que Moro vem sofrendo nos últimos dias com objetivo de intimidá-lo, inclusive com ameaças de morte!

Quando aparece um juiz da fibra do Dr. Sérgio Moro, auxiliado por um procurador da República valoroso e obstinado  como é o Dr. Dallagnol, levantam-se forças ocultas,  que não são tão ocultas assim  já que não é difícil identificá-las, dificultando o trabalho dignificante de quem zela pelo direito e pela justiça e tem o apoio incondicional dos cidadãos brasileiros!

Para completar o estrago, o Poder Judiciário (STF e TSE) além de lento e omisso, mantém entre seus pares defensores de políticos safados e corruptos à quem devem “obrigação”!

A realidade meus amigos, é que independente dos ataques e dificuldades, o Juiz Sérgio Moro e a equipe da Lava Jato vem fazendo um excelente trabalho,  por isso precisam do povo apoiando e lutando ao seu lado.


REAGE BRASIL!


sábado, 1 de julho de 2017

ME DESMINTA SE FOR CAPAZ!


Não vou me deixar intimidar por aqueles que me taxam de reacionário ou fundamentalista, já que tenho consciência que luto é para construir um país melhor para nossos filhos e netos.

O povo esclarecido anda cada vez mais decepcionado com os políticos e sua forma de conduzir o Brasil e sente saudade de uma administração mais séria e realmente voltada para a coletividade. 

Não que estamos defendendo a imposição de um regime autoritário no Brasil, mas é necessário uma reavaliação do sistema como um todo, já que uma grande parte da população brasileira, por mais que a mídia comprada tente esconder, sabe muito bem que, graças aos militares e grande parte da sociedade esclarecida dos anos 60, fomos poupados de ver no Brasil o terror e todas as demais atrocidades que viveram os países submetidos aos regimes comunistas.

A esquerda faliu os Governos que eles apoderaram e no Brasil a esquerda também aparelhou o governo e tomou Estados e Municípios, e conseguiu quebrá-los... 
ME DESMINTAM SE FOREM CAPAZES!

A descrença e a impotência levam as pessoas à indiferença e a apatia. 
A sensação de que nossa atuação como cidadãos pelos mecanismos democráticos tradicionais nada resolve, leva à destruição do sagrado princípio republicano do poder popular e é um sentimento extremamente negativo.

Os que nos “representam”, já não nos "representam". 
O que acontece, porém, é que as pessoas ficam indignadas, protestam, não encontram eco em suas reivindicações, ficam desapontadas e acabam dando as costas à verdadeira política e essa omissão é tão perniciosa quanto a conduta comissiva. 

A apatia do eleitor passa o seguinte recado: “sou contra, mas não conte comigo”, e essa indignação, em vez de se canalizar em um "grito de basta" suficientemente forte para promover mudanças, vem se traduzindo em desolação, apatia e conformismo! 

Volto a insistir: Me desminta se for capaz!


REAGE BRASIL!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

RECOMENDAÇÃO AO JUIZ SÉRGIO MORO!


Juiz Sérgio Moro, admiro sua inteligência e caráter, aliás sempre manifestei, seja em meu Blog, minha página ou meus perfis, portando como brasileiro, me sinto no direito de lhe aconselhar, bem como insistir, na condenação e prisão do meliante ex-presidente da república, sr. Luiz Inácio Lula da Silva.

A grande maioria do povo brasileiro defende a Operação Lava Jato, mas já tem ficado um tanto desconfiada e preocupada com essa demora, já que ultimamente, só se tem falado de Temer, de Aécio entre outros quando, é sabido, que quem institucionalizou a corrupção na Petrobrás, BNDES, Caixa Econômica Federal, Fundos de pensão, etc. foi o Sr.Lula e sua quadrilha petista e depois reproduzidos por outros meliantes de partidos diversos.

Constatamos que nosso País, especialmente  nos últimos  anos, vem sendo dominado por um bando de políticos safados em conluio com um bando de empreiteiros picaretas, já que  pelo que se vê nas descaradas delações, os bandidos se entreveram numa absurda promiscuidade.

Todos precisam ser investigados sejam de quaisquer partidos ou ideologia política, porém, repito, o exemplo é do chefe supremo "DOM RATOM" e a partir daí, o apoio do povo brasileiro será bem maior e todos terão mais confiança e certeza na Operação Lava Jato e na justiça desse nosso Brasil!

Da mesma forma que nos cobra o apoio às suas ações, 
queremos também apoio às nossas convicções. 

Contamos com sua costumeira coragem e honradez: 
Ponha esse pilantra no Xadrez!...


REAGE BRASIL!